quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Distúrbio bipolar espiritual.



Seria este o mal que atormenta a liderança de uma Igreja?
É normal encontramos servos de Deus com bipolaridade em sua vida com Deus e com sua vida espiritual, hora está bem e hora está mal,  às vezes está bem com Deus e a vida espiritual vai de vento em poupa, é benção na igreja, é benção no trabalho é benção por onde anda, tudo dá certo, é conselheiro, é amigo, é companheiro, é confiável, é confidente, afinal vive um grande momento com Deus e com isso sua vida espiritual vai bem, revelações, sonhos proféticos, visões e os dons são visíveis e notórios em sua vida, é exemplo é luz que ilumina é um discípulo, e poderíamos ficar citando vários exemplos do crente que vive a polaridade do bem e do de bem com Deus.
De contra partida este mesmo crente que falamos acima que sempre foi exemplo a ser seguido de repente se torna o oposto de tudo que mencionamos acima, distante de Deus, maldizente, incrédulo,  difamador, mentiroso, nutre as mais arcaicas armas carnais possíveis, a questão é: Como pode um crente viver um distúrbio Bipolar espiritual, o chamado crente gangorra, ou montanha russa, hora em cima, hora em baixo, hora forte, hora fraco, hora serve, hora abandona,  crer hoje, e amanhã já não acredita em mais nada, nem nele mesmo, torna o santo em profano, aponta, acusa, o temor de Deus dar lugar ao mais sarcástico sentimento de mediocridade da imundícia humana, o santo anda agora em meio aos asseclas do mau.
Bipolaridade espiritual existe e é combatida com a seguinte dose, ler Bíblia e orar de 6 em 6 horas,  jejum, e entrega sem reservas ao Rei dos Reis.

Em Cristo
Eduardo Santos

Um comentário:

Blog Semeador Fiel disse...

Parabéns pelo blog! seja seguidor do blog semeador fel. http://semeadorfiel.blogspot.com.br/