sexta-feira, 30 de agosto de 2013

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

ASSOMBRO NO SANTUÁRIO

Quando comecei a escrever estes rascunhos pela madrugada, em meados de 2012 o único motivo era para relatar, tudo o que eu “podia” escrever para que ficasse registrado, o que para mim era algo novo e tão velho ao mesmo tempo. Novo por acontecer onde não deveria, e tão velho pois antes da minha conversão sempre via isso acontecer nas rodas da maldade do mundo. A verdade nem sempre é o que vemos ou que ouvimos falar, a verdade é tão profunda que ela poderia causar um enorme espanto e assombrar muitos daqueles que a buscam. O Livro “ASSOMBRO NO SANTUÁRIO” fala de sentimentos e atitudes terríveis, capazes de ofuscar qualquer tipo de tentativa de buscar a pureza do “Evangelho Moderno”, sentimentos arcaicos com cheiro de mofo e de enxofre, os mesmos sentimentos que grandes homens de Deus viveram no passado, em nome de um bem desconhecido promoviam o mal, não somos melhores do que eles e por isso somos vitimas e testemunhas oculares destes sentimentos que assombram nossa vida. “Os filhos das trevas são mais prudentes que os filhos da luz”. Uma luta estranha fora dos ensinamentos de Cristo, onde se diz promover o bem, jogando na lixeira aqueles que não se curvam às mesmas ideias ou pensamentos, este não é um problema exclusivo de nosso tempo, vemos isso em várias esferas do tempo, até mesmo em tempos primitivos. Ao usar a bendita frase “Em nome de Jesus” muitos líderes tem se apoderado desta frase de ensinamento de Cristo para escolher e decidir sobre a vida do seu próximo, sim em nome de Jesus se realiza as mais diversas maldades, antes da conversão era em nome do Diabo, mas após a conversão a maldade se converte e leva consigo decisões arbitrárias e de interesse particular, e quem é que teria coragem de denunciar esta maldade em nome do bem? FONTE: Página 03 - Livro “Assombro no santuário” Autor Eduardo Santos.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Quem nós somos?

Quem nós somos? E aonde chegaremos? Ou poderíamos dizer quem nós pretendemos ser e aonde queremos chegar? Estas perguntas podem definir quem nós seremos e aonde chegaremos. Quem não sabe o que quer nunca saberá aonde poderá chegar. Quem não estabelece alvos na sua vida viverá sem conquistar. Quem não sonha não projeta, e quem não projeta não realiza, quem não realiza se frustra, quem se frustra se entristece, quem se entristece se desmotiva, quem está desmotivado não consegue ver as respostas para o seus problemas, e por aí vai se seguindo uma série de acontecimentos lógicos. Aonde você quer chegar? Quem você pretende ser? Quais são seus sonhos? Quando olhamos as crianças, percebemos que, em suas brincadeiras, elas sempre demonstram e projetam algo. Mesmo que seja inconscientemente, algumas crianças brincam de médico, outras conseguem montar grandes torres com seus brinquedos de encaixe, insinuando a engenharia, outras brincam descontraídas com o futebol, e há tantos outros exemplos que os pais conseguem identificar bem. Pequenas brincadeiras como essas citadas podem demonstrar uma área de aptidão e de inclinação profissional. Por que não dizer que estes simples atos podem apontar e contribuir para a concretização dos seus sonhos? Sonhadoras. As crianças sonham e sonham, pegam um simples papel e desenham e conseguem viver o que foi desenhado. Ficam por ali horas e mais horas, conseguem viajar em seus sonhos. Já pensou se os sonhos aumentassem de acordo com o passar do tempo? Se, quando criança, os sonhos são constantes, ao nos tornarmos adultos, esses sentimentos de sonhar e de avançar poderiam nos acompanhar. Os sonhos poderiam aumentar à medida que vamos crescendo, porém, não é isso que presenciamos. Vemos uma adolescência que sonha pouco, vemos uma juventude desinteressada, vemos homens experientes entregues, que já não lutam mais, já não sonham mais. A verdade é que, com o passar do tempo, grande parte das pessoas para de projetar e sonhar. Esquecemos os nossos alvos e projetos e passamos a simplesmente a sobreviver numa terra na qual Deus nos deu o direito de viver e experimentar o sobrenatural. O ponto de partida é voltar a acreditar, é voltar a projetar, é voltar a sonhar como as crianças, acreditando sempre que é possível e compreender quem nós somos e aonde iremos chegar. Se sonharmos os sonhos de Deus, seremos surpreendidos. Se sonharmos somente os sonhos dos homens, deixaremos para trás a chance de viver grandes experiências. Sonhar os sonhos de Deus é acreditar que, independentemente da idade, ainda há tempo de conquistar. Não importa quantas vezes tentaremos, o importante é recomeçar sempre que necessário, desistência é uma palavra que não faz parte do vocabulário dos servos de Deus. Fonte: Livro Avançar é preciso do Pastor Eduardo Santos

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

De quantos Jesus precisa?




Ao longo da história vemos o grande operar de Deus e o uso específico de alguns homens e mulheres como instrumentos em suas mãos.
No desenrolar dos acontecimentos vemos que recursos, condições, cultura, influência, beleza e status nunca foram e nunca serão motivos de uma escolha de Deus, e às vezes perguntamos e vivemos perguntando em que área Deus quer nos usar, as vezes fazemos aquelas orações medíocres diante de um Deus que tudo sabe, falamos Senhor... Usa-me... Senhor quero ser usado por ti.... Más no fundo Jesus sabe que são palavras vazias, e são meras palavras, simplesmente palavras, pois nunca mudamos, não queremos abrir mão de nossos desejos, não passa em nossa mente que Jesus não se comove com palavras e discursos belos, a chave do coração de Deus não está em diplomas e reconhecimento humano. Más de quantos o Senhor precisa? Na verdade Deus nunca precisou de quantidade, ou seja, Ele não necessita de muitos indispostos, Ele não precisa de muitos desanimados, Ele não precisa de um batalhão de preguiçosos, Ele não precisa daqueles que possuem sempre a mesma desculpa de auto defesa, o mesmo discursos e motivos para não ser o que Ele quer que sejamos, ao vermos a história vemos que Deus usou sempre quem estivesse dispostos, ocupados com seus afazeres, animados e corajosos. O que dizer de Abraão? Nascido em uma família idólatra e de altares profanos, e Deus disse sai de sua terra, e vai para onde te mostrarei, Abraão não pensou 2 vezes, andamos mais um pouco na historia e já estamos no Egito ou melhor nas montanhas de horebe e Deus observa um, era somente um, mas cheio de sonhos e força aos 80 anos, já no tempo de se aposentar Moises é convocado para uma grande missão, e a história de vários outros homens nos influenciam a influenciar e dizer que: Deus não precisa de vários, mas sim de um.
Ele precisa só de você para mudar a história da sua casa, da sua família, da sua Igreja, da sua cidade, do seu país, etc.

Eduardo Santos.
 


domingo, 28 de julho de 2013

A Fé que ofende.





Fé, palavra pequena porém de um majestoso e gigantesco conteúdo, capaz de abalar estruturas no mundo físico e alterar decisões no mundo espiritual, tão forte é a Fé que ela consegue ofender até mesmo os que estão a nossa volta.
Existe uma história dessas na Bíblia, Saul ficou ofendido com a Fé de Davi, amedrontado pelo gigante Saul preferiu se despir de sua armadura e passá-la a Davi, possivelmente acreditando na derrota daquele que até então estava do seu lado, Davi segue ao encontro do gigante filisteu, ao olhar para ele Golias se viu também ofendido pela Fé daquele jovem franzino ainda em fase de crescimento físico, mas grande por dentro, Davi pegou as pedrinhas e usou apenas uma, Davi estava ali em nome do Senhor e claro cheio de Fé, Golias é vencido, porém a luta de Davi não acabou ao vencer o gigante, ali começava outra batalha, contra aquele que se sentiu ofendido pela ousadia e Fé de Davi, anos e mais anos perseguido por causa de sua fé e Davi humilde aguardando no Senhor a justiça.
Fé, palavra que nos deixa com sentimento de solidão na terra, mas amigo de Deus, quantas vezes isso não aconteceu com você? Que por causa de tantas bênçãos em sua vida você não só feriu seus inimigos com suas vitórias, mas ofendeu seus amigos, Davi feriu Golias e por causa desta vitória, Saul se sentiu ofendido.
Fé, palavra que realmente abala as estruturas das dimensões, pela Fé Moises pisou nas margens do mar e ele se abriu, pela Fé Pedro andou sobre as águas, pela Fé Paulo e Silas foram soltos da prisão, pela Fé João se tornou prisioneiro em Patmos, pela Fé aguardamos a volta de Jesus Cristo.

Eduardo Santos. 

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Nada é por acaso!




Nossa vida  é marcada por diversas situações, que cooperam para nossa motivação nos fazendo sonhar ainda mais alto e que nos apresenta horizontes promissores,  porém na contra mão de nossos desejos e pensamentos, a vida  também é marcada de vários acontecimentos que nos opõem e que em primeira analise achamos que é o fim ou que não haverá meios de vencer os obstáculos  que estão diante de nós,  em muitas situações condenamos algum aparente AL que chega até a nossa vida, dizemos que é obra do maligno, que a culpa é do inimigo e tantas outras palavras usamos para nos defender de situações que chegam sem avisar.

Porém analisando alguns acontecimentos bíblicos percebemos que mesmo se satanás estivesse por trás de tantos acontecimentos, que a intenção fosse de destruição e de trazer tristezas,  e tantos outros males, vemos a poderosa mão de Deus transformando as ciladas e maldições em grandes vitórias e bênçãos  nas vidas daqueles que foram alvos de uma possível investida do inimigo.

Deus tem o total controle de todas as ações  e satanás não tem parte nesta sociedade, ele não é acionista dos acontecimentos  espirituais, pensa na situação de José filho de Jacó,  traído e vendido pelos próprios irmãos,  encarcerado injustamente, se satanás estivesse tentando frustrar os projetos de Deus , tudo foi por água abaixo quando Deus muda a história do Prisioneiro José e o coloca dentre os mais respeitados homens daquela época, poderíamos dizer outros exemplos , mas a história de José tinha tudo para dar errada, ele tinha tudo para fracassar, se estivesse desistido,  assim também é na nossa vida , tudo depende de como agimos diante das possíveis  ciladas e ações espirituais contrarias à nossa vida.

Nada acontece por acaso, quanto maior for a dificuldade, maior será sua vitória, quanto mais difícil for vencer os obstáculos mais brilhante será o desfecho da sua vida, mesmo que aparentemente pensamos que seja a mão do inimigo agindo contra nós, saiba que a mão de Deus é maior e abençoadora. Se mantenha firme independente do que você esteja enfrentando.

Deus abençoe.
Eduardo Santos.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Fogo no Altar ???



Vivemos tempos difíceis, momentos de extremidades espirituais, uma profecia passa despercebida e esquecida, em alguns casos fazem questão de esquecerem ela “onde há profecia o povo não se corrompe...” (Prov. 29:18)  o fogo tem sido apagado, o fogo tem sido evitado, o fogo tem sido controlado por muitos líderes, o fogo tem que arder continuamente no Altar, é o fogo que refina, purifica e separa as impurezas, porém tem sido melhor manter uma aparente compostura e deixar o povo morrer de fome, a compostura aparentemente trás recursos, trás pessoas de posses, porém ela em excesso cria um evangelho engessado sem vida, sem efeito, sem conversão, sem decisão, sem poder, sem sonhos, sem expectativas, etc. quando falta o fogo o povo perece, o povo se engana e engana todos em sua volta, a falência do Avivamento em muitos santuários tem um responsável, a bendita compostura, sem liberdade para Adorar, sem oportunidade para se entregar, sem forças para buscar, pois está sem fogo no Altar.

Em Cristo
Pr. Eduardo Santos.

sábado, 1 de junho de 2013

O impostor.




Após voltarem do Cativeiro babilônico, a primeira preocupação de Israel era reconstruir o  altar de Deus, reconstruir o templo (Esdras 4:1). Satanás envia seus mensageiros disfarçados para se aproximarem do povo de Israel, na primeira tentativa de aproximação os impostores dizem que também desejam ajudar os israelitas na reconstrução do templo, e até dizem que também querem adorar o Deus de Israel (Esdras 4:2), cheios de astúcia e de engano os enviados do inimigo por um instante parecem ser da mesma tribo, do mesmo povo, com as mesmas intenções, com os mesmos objetivos, insinuam que adoram o mesmo Deus, e que querem ajudar o povo de Deus, o impostor ele tem um único objetivo; o de afastar os verdadeiros adoradores do Altar e da presença de Deus, ele tem sempre uma boa linguagem e uma boa intenção como vimos nos tópicos acima, aos que estão despercebidos chegam a acreditar que o impostor  realmente quer ajudar, e que de fato se preocupa com seu bem estar espiritual, a infiltração do impostor no meio do povo de Deus é um fato mais real do que pensamos, seriamos inocentes achar que o inimigo de nossas almas ficaria quieto diante de nossa decisão de caminha com Jesus, ele  (o inimigo) não desiste de levar com ele para o inferno grande parte dos homens e mulheres.

Os israelitas tiveram o discernimento de Deus e impediram o impostor de se ajuntar a eles, e  vemos que o primeiro passo do impostor  depois de ser rejeitado pelo povo de Israel  ele então tira a sua máscara (Esdras 4: 4 a 6), e mostra quem realmente ele é, no seu primeiro contato ele aparentava ser um cooperador, amigo, amável e que sonhava o mesmo sonho dos israelitas.

Assim também acontece em nossas vidas, satanás tem enviado seus impostores para tentar derrubar o Altar de Deus em nossas vidas e profanar o Templo que somos nós, assim como nos tempos Zorobabel e Jesuá ele chega de mansinho quase que imperceptível, mas seu poder de ataque é poderoso, consegue em pouco tempo minar as forças, e roubar a paz, levando pessoas, famílias, e congregações inteiras a morte espiritual, ele não tem pressa, não tem misericórdia, demonstra um falso amor que conquista os desavisados.

Aqueles que mantêm uma relação íntima com Deus jamais será confundido.
Em Cristo

Eduardo Santos,

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Depressão???

 

“Estado de desencorajamento, de perda de interesse, que sobrevêm após perdas, decepções, fracassos, estresse físico ou psíquico. A psiquiatria classifica em duas vertentes: depressão endógena e depressão exógena. A primeira seria decorrente de predisposições hereditárias e biológicas e a Segunda, devido a fatores ambientais externos, como o estresse e circunstâncias desagradáveis”. Segundo a OMS, a depressão mata por ano um milhão de pessoas (de crianças a idosos, sendo o número de mulheres maior – pós parto) – segundo os cálculos, 10 a 15% dos deprimidos tentam o suicídio.
Questionamento:
“Crente pode sofrer depressão? Como alguém que possui o Espírito Santo de Deus pode dizer que sente um vazio no peito e tem vontade de morrer? Seria esse um estado de pecado ou de possessão demoníaca? O Psicanalista evangélico Heitor Antônio da Silva afirma: “Tenho tratado de pastores em profunda crise e já vi até diáconos se suicidando”.
Casos Bíblicos:
Em várias passagens da Bíblia há relatos de sintomas de depressão, como tristeza, amargura e melancolia. Além dos salmistas, que deixam transparecer esses sentimentos, muitos outros personagens bíblicos viveram momentos depressivos, embora tenham recuperado a alegria de viver.
1 – De ordem espiritual – Saul -
1 Sm 15. 24-30, 16.14-23, 18.12 etc. “ A causa do mal que lhe sobreveio não foi de origem orgânica, sentimental ou financeira, mas devido à desobediência às ordens do Senhor, o que provocou o afastamento do Espírito Santo e a entrada de um espírito maligno em sua vida. Sl 32. 1-5.
2 – Perdas pessoais e materiais – Jó
Era temente a Deus, mais foi vítima de desgraças que o deixaram sem filhos, sem bens e doente. No início, demonstrou-se pronto a enfrentar com fé as adversidades, mas, depois, mergulhou em lamentos e queixas chegando a amaldiçoar seu nascimento (cap 3), questionar a vida (cap 14), e perder as esperanças (cap 17), olhar com saudosismo o passado (cap 29) e chorar por sua condição de miséria (cap 30).
3 – Perseguição – Elias, Davi
1 Rs 19.4, Sl 102, Sl 6, Sl 13 – O profeta, após um episódio vitorioso diante dos profetas de Baal, teve medo da morte e fugiu. Foram 40 dias sozinho, desesperado, sentindo-se fracassado e também desejando a morte. Davi também foi muito pressionado pelos inimigos.
4 – Decepção – Jonas, Jeremias
Quando chegou a Nínive, mostrou-se deplorável. Não conformado com a salvação que Deus trouxera àquele povo, ficou irritado e de tão desgostoso por sentir-se falho como profeta – já que inicialmente iria anunciar a destruição da cidade – quis morrer. Jeremias passou por dolorosa experiência como profeta. Nas chamadas “lamentações”, Ele demonstra decepção e amargura pelos sofrimentos em sua missão.
5 – Estresse – Moisés
Nm 11.10-15 O escolhido por Deus para libertar seu povo das mãos de faraó demonstra não mais aguentar o cargo e chega a pedir a morte.
6 – Doença – Ana
1 Sm 1.7 Estéril, ela não suportava as provocações da outra esposa de seu marido. Vivia depressiva, “chorava e não comia”.

Analise seus sintomas

A presença de apenas 1 ou 2 sintomas não são necessariamente classificados como depressão. O diagnóstico correto deve sempre ser dado por um médico psiquiatra. Dependendo do número dos sintomas, de sua frequencia e intensidade, a depressão pode ser classificada como leve, moderada ou grave. Se você sofre de, pelo menos, quatro destes sintomas ao mesmo tempo, deve procurar um profissional da saúde.
1. Apatia, desinteresse, desmotivação; 2. Dificuldade de realizar tarefas cotidianas; 3. Incapacidade de tomar iniciativas; 4. Perda do prazer; 5. Excessiva preocupação consigo mesmo; 6. Pessimismo; 7. Retraimento social; 8. Desinteresse sexual; 9. Alterações do apetite e do peso (normalmente reduz, mas pode aumentar); 10. Perturbações do sono; 11. Cansaço e fadiga mesmo sem fazer grandes esforços; 12. Dificuldade de concentração; Enfraquecimento da memória; 13. Pensamentos de morte; 14. Sentimento de desvalia ou culpa; 15. Sentimento de sofrimento; 16. Irritabilidade, explosões e crises de raiva; 17. Tonturas, falta de ar, dores difusas pelo corpo. Estes sintomas constam no Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders. (Associação Psiquiátrica Americana).

A DOENÇA TEM CURA

Deus pode fazer um milagre sem uso de nada como pode fazer um milagre através da Palavra, da terapia, da fé, da família, da Igreja, dos remédios, da mudança de hábito etc. Temos: Dr. Lúcio (ligar e marcar no Ana Isabel); Dra Cinara 36364218 – Clinvida (R$ 52,00 ou unimed). Grupo de Apoio a Depressivos – Hidrolândia (Go) 014 62 32042565 (fazem consultas – Dr Jorge. R$ 80,00).
Adotando hábitos saudáveis em sua rotina, o ser humano pode tentar evitar a depressão. 1 – Faça exercício físico diário (natação, caminhada ou ciclismo). O exercício físico aumenta a produção de betaendorfinas e encefalinas, que dão a sensação de bem-estar e disposição; 2 – Durma bem; 3 – Evite dormir durante o dia, pois esse sono, ao invés de descansar, cansa; 4 – Evite atividades excitantes (esportes, programas de tv violentos, telefonemas, discussões) uma hora antes de dormir. Dê preferência a atividades relaxantes (música); 5 – Tome sol no início da manhã ou final da tarde, que promove o aumento da melatonina, substância do ciclo sono-vigília e do humor humano; 6 – Disponha de tempo para relacionamentos familiares e sociais; 7 – Busque atividades profissionais, esportivas, encontros e reuniões que sejam prazerosas; 8 – Faça atividades em ambientes abertos (praças, paisagens onde existam mata, montanha, mar, etc). Já atividades em locais fechados, como assistir à TV, computador, vídeogames, sons altos, etc. são estressantes e viciam; Invista em lazer nos finais de semana que saia da rotina de casa. Tenha criatividade; 10 – Evite, se possível, muita exposição a ambientes artificiais, com ar condicionado, carpetes, vidro fumê, etc. que provocam desgaste físico e psicológico; 11- Invista em hobbies (costura, pintura, jardinagem, pescaria, etc); 12 – Evite produtos do tipo do tipo guaraná em pó, ginseng, catuaba que são excitantes e interferem na qualidade do sono; 13 – Não use anfetaminas (remédios para emagrecer), pois provocam irritabilidade, insônia, agressividade e depressão; 14 – Inclua na alimentação o consumo de folhas verdes, como couve, alface e outras. Elas contêm tryptofano, substância fundamental para a produção de neurotransmissor cerebral, a seretonina, que regula humor, pensamento e ação; 15 – Beba no mínimo 2 litros de água por dia, evitando a desidratação celular que provoca estresse em nível cerebral.
“Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele e o mais Ele fará”.

Fonte:  http://vidaemcristo.wordpress.com/2008/04/05/depressao/