quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

É hora de partir!

Compreender que o tempo de Deus  para algo em nossas vidas chegou é sempre meio conflitante.
Após exatos 32 meses de ter chegado em Itabira e montado o nosso acampamento  e de estar  à frente da amada Igreja Metodista Wesleyana, e de ter participado de tantos acontecimentos, inúmeros milagres, grandes conquistas, famílias abençoadas, de poder batizar quase uma centena de pessoas e de ter recebido quase duas centenas de novos irmãos, chegou o tempo designado por Deus para desmontarmos o nosso acampamento e caminhar mais uma etapa de nossa vida e Ministério.
Serei eternamente grato ao Senhor Jesus pela rica oportunidade de ter passado nesta cidade e de ter conhecido pessoas tão valorosas, realmente compreender o tempo de Deus não é fácil, quando a caminho estou da nova terra, olho para trás e vejo que pude ser um grãozinho de areia de bençãos na vida de muitas pessoas, sei que não acertei em todas as decisões, sei que não fui perfeito, sei que não consegui alegrar a todos, porém sei que fiz o que pude dentro dos meus limites, nesta amada cidade fiz grandes amigos, me senti parte de muitas famílias,   pude de certa forma ser um pequeno agente de Deus para a nossa denominação e fazer dela conhecida, não pelo que sou, mas pelo que Deus fez nela aqui.
Sempre serei grato ao meu Deus por cada alma, por cada lágrima, por cada luta, por cada prova, por cada falta pois assim pude ver a sua mão sobre minha vida e sobre nossa Igreja.
Me sinto um servo realizado naquilo que me foi proposto, e me sinto honrado de ter sido pastor de ovelhas tão amáveis, queridas e dispostas a conquistar um pouco mais.
Foi muito bom estar com todos vocês e nunca escondi que sou um pastor apaixonado pelas ovelhas do Senhor, na verdade nunca gostei de ficar longe das preciosas ovelhas, e sempre entendi que elas não são minhas e que sou apenas um mordomo que procuro dentro dos meus limites cuidar do tesouro de um grande empreendedor que um dia me cobrará por resultados.
Neste momento não há palavras para descrever o sentimento da minha família, então vou resumir em duas palavras.  Muito Obrigado!

Eduardo Santos, Anna Paula  e Filipe.

sábado, 24 de dezembro de 2011

A Grandeza das coisas pequenas

Nossa mente e coração estão em busca de grandes sinais, de grandes portas e de grandes Milagres, desprezamos muita das vezes os pequenos sinais, as pequenas curas e as pequenas portas que se abrem diante de nós, Jesus sempre valorizava as pequenas coisas, afinal Ele próprio escolhia as pequenas e os simples para usar e confundir os gigantes, desde a fundação do mundo percebemos que o coração do homem sempre se inclinou para tudo que era notável e formoso. Mas Deus sempre achou alguns homens que não eram iludidos pela formosura e pela grandeza que apareciam diante de seus olhos.

Há uma automatização em nosso intelecto que busca automaticamente as coisas grandes e as pequeninas acabam passando despercebido, ninguém esperava que o Cristo fosse de Nazaré justamente por Nazaré ser uma cidade que passava despercebida pela impotência em seu comércio, pelos amontoados de casas que pareciam mais uma favela, pela simplicidade do local, tal cidade foi escolhida para confundir as grandes metrópoles da época, desprezada por historiadores renomados da época, Nazaré era justamente a demonstração que Deus daria a humanidade que as suas escolhas passam longe das escolhas humanas, Natanael indaga Filipe sobre a impossibilidade de vir algo bom de Nazaré, as vezes perdemos as bênçãos por somente procurá-las nas coisas belas e nas grandezas da vida sendo que Jesus venceu no deserto e Adão se perdeu no paraíso.
Zacarias 4:10a I Cor: 1: 27 a 28 João 1: 45 a 46




Em Cristo
Eduardo Santos

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Geração do Arrebatamento.

O arrebatamento da Igreja é a última profecia diretamente relacionada à Igreja, acontecimento este prometido pelo próprio Jesus, e o sinal para este grande evento aconteceu em 1948 com o nascimento da figueira, que significa o nascimento do estado Judeu, Israel foi reconhecido como estado de direito em 1948 pela ONU, a figueira brotou, esta era a última profecia antes do grandioso acontecimento do “Rapto da Igreja” pelo Cordeiro de Deus; uma grande expectativa acompanha todos aqueles que um dia entregaram as suas vidas a Cristo, Jesus virá para arrancar a Igreja e preservar os seus escolhidos do grande cáos que tomará conta de todo o planeta, os acontecimentos no oriente médio em nossos dias conhecido também como a primavera árabe demonstram que o Filho de Deus está às portas, Israel é o relógio da volta de Cristo.

Muitos tem desprezado estes acontecimentos e principalmente no que se diz respeito a Volta de Cristo, e isto também é profético o descrédito e falta de interesse da humanidade é reflexo da apostasia que toma conta do coração dos homens, porém de contra partida  existe um povo firme e atento.

A noiva está de olhos atentos e voltados para os céus, eis que o noivo vem! Este é o ápice do Cristianismo em todos os sentidos, tanto para aqueles que optaram em entregar as suas vidas a Cristo e estes possuem o passaporte para a terra prometida, porém aqueles que relutaram e disseram não para Jesus, infelizmente esta é a parte triste de todo este acontecimento que nem mesmo as grandes produções de Hollywood conseguiria produzir, aqueles que escolheram viver a vida sem Jesus, entrarão para o pior momento da história terrena, me refiro ao inicio da grande tribulação, onde o sofrimento aumentará em grande escala na segunda metade deste acontecimento, aqueles que sempre estiveram seguros em suas religiões e tradições, perceberão que é tarde, e que os crentes enjoados falaram a verdade, e que a única coisa que os crentes queriam era que todos morassem também com o Senhor Jesus, e que aqueles que foram um dia taxados de fanáticos, malucos, doidos, e tantos outros adjetivos, já não estão mais pisando entre os que foram deixados para trás, pois estes estarão com o Cordeiro e para sempre viverão com Ele.

Jesus está Voltando, desperta ó tu que dormes.

Eduardo Santos, pastor

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Nada é por acaso!

Nossa vida é marcada por diversas situações, que cooperam para nossa motivação nos fazendo sonhar ainda mais alto e que nos apresenta horizontes promissores, porém na contra mão de nossos desejos e pensamentos a vida também é marcada de vários acontecimentos que nos opõem e que em primeira analise achamos que é o fim ou que não haverá meios de vencer os obstáculos que estão diante de nós, em muitas situações condenamos algum aparente AL que chega até a nossa vida, dizemos que é obra do maligno, que a culpa é do inimigo e tantas outras palavras usamos para nos defender de situações que chegam sem avisar.

Porém analisando alguns acontecimentos bíblicos percebemos que mesmo se satanás estivesse por trás de tantos acontecimentos, que a intenção fosse de destruição e de trazer tristezas, e tantos outros males, vemos a poderosa mão de Deus transformando a cilada e maldições em grandes vitórias e bênçãos na vida daqueles que foram alvos de uma possível investida do inimigo.

Deus tem o total controle de todas as ações e satanás não tem parte nesta sociedade, ele não é acionista dos acontecimentos espirituais, pensa na situação de José filho de Jacó, traído e vendido pelos próprios irmãos, encarcerado injustamente, se satanás estivesse tentando frustrar os projetos de Deus , tudo foi por água abaixo quando Deus muda a história do Prisioneiro José e o coloca dentre os mais respeitados homens daquela época, poderíamos dizer outros exemplos , mas a história de José tinha tudo para dar errada, ele tinha tudo para fracassar, se estivesse desistido, assim também é na nossa vida , tudo depende de como agimos diante das possíveis ciladas e ações espirituais contrarias à nossa vida.

Nada acontece por acaso, quanto maior for a dificuldade, maior será sua vitória, quanto mais difícil for vencer os obstáculos mais brilhante será o desfecho da sua vida, mesmo que aparentemente pensamos que seja a mão do inimigo agindo contra nós, saiba que a mão de Deus é maior e abençoadora. Se mantenha firme independente do que você esteja enfrentando.

Deus abençoe.

Eduardo Santos.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Problemas?????

Tempos difíceis problemas que nos surpreendem, enfermidades inesperadas e tantos outros males que a todo instante tentam nos sufocar e tirar a nossa alegria e tranqüilidade, a todo tempo estamos lutando para resolver alguns destes problemas, mas quero dizer que não é privilégio seu ter tantos problemas para serem resolvidos.
Quando Deus criou Adão disse para ele cuidar do jardim e dar nome a todo ser existente, isto foi um grande problema na vida de Adão, Moises também viveu uma vida de problemas para serem resolvidos, porem todos conseguiram resolver os seus problemas, nós também assim como todos que viveram no passado, somos resolvedores de problemas e também venceremos as nossas lutas do dia a dia, Jesus disse: “No mundo tereis aflições, tende bom animo Eu venci o mundo...” A grande diferença de toda luta e problema se chama Jesus, Ele faz a diferença nas nossas aflições, Jesus nunca disse que seria fácil, como que de fato não é, porem sempre nos mostra a solução para as nossas dificuldades e nunca permite sermos provados acima de nossa capacidade de suportarmos.

A falta de tempo e a correria do dia a dia nos atrapalha a enxergar o socorro e a ajuda de Jesus, pois o mundo sempre nos oferece soluções aparentemente mais rápidas e mais praticas, porem não passam de falsas soluções, “ Jesus disse:... Eu sou o caminho a verdade e a vida...” “... Vinde a mim vós que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei...” Isto prova que Jesus é o caminho para que os nossos problemas sejam resolvidos, Ele é quem renova as nossas forças e que nos liberta das opressões dos problemas... Ainda há solução para o seu problema e a solução se chama Jesus.

Amado leitor Jesus é a solução para a sua vida, de uma chance a você mesmo, aceite Cristo agora mesmo de onde você estiver, Ele é a resposta para os seus problemas.

Que Deus te abençoe grandemente.

Pastor Eduardo Santos.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Relatório do Pastor

Após a decisão do último concílio em Xerém no ano de 2010, de me manter à frente da Igreja Metodista Wesleyana de Itabira, vi uma grande oportunidade que Deus estava me dando para contribuir e realizar alguns projetos como a abertura de novas congregações e aquisição de um veículo próprio que pudesse servir a Igreja.


Iniciamos o ano de 2011 cheios de sonhos e projetos, percebi que muitos membros se prontificaram e se dispuseram a realizar mais para o crescimento da Igreja, em Fevereiro Inauguramos a nossa 2ª Congregação no bairro Eldorado, em seguida realizamos um Retiro de Carnaval e simultaneamente o nosso 1º batismo do ano o retiro entrou para a história com a participação das Igrejas Wesleyanas de Sta. Maria, Palmares BH, Central de Valadares, Bairro de Lourdes Gov. Valadares , com mais de 250 participantes, onde grande parte dos membros trabalharam e se esforçaram para este grande evento, apesar de alguns não terem participado de nenhum dia. Já no mês de março inauguramos a nossa 3ª Congregação no bairro Sta Ruth, e neste período começamos a pedir ao Senhor dono da seara que enviasse mais trabalhadores, pois o nosso sonho era de abrir mais congregações, já no mês de maio inauguramos a nossa 4ª Congregação no Bairro Gabiroba, no meio do ano percebi que nem todos estavam exercendo suas funções e ministérios que lhes foram confiados, ou estavam exercendo de qualquer maneira, dificultando assim a continuidade do andamento de muitos projetos, a verdade é que alguns não deram valor de serem escolhidos por um povo para liderá-los em algum ministério ou departamento, muitas dificuldades encontramos pelo caminho, mas pela misericórdia do Senhor vencemos todas elas, no mês de junho inauguramos a nossa 5ª Congregação do Bairro Praia, realizamos algumas campanhas de oração onde muitos receberam suas vitórias, muitas vidas foram chegando para estar conosco e nos ajudar a concretizar os sonhos de Deus para a nossa Igreja, em junho também realizamos o nosso 2º Batismo do ano,onde 18 pessoas desceram às águas, em agosto compramos a Kombi o nosso primeiro veículo que pudesse servir a Igreja em suas necessidades oferecendo uma logística para o crescimento que estamos vivendo, a Kombi transporta uma média 24 pessoas por domingo, fora o seu uso nas congregações durante a semana, já em setembro realizamos mais uma campanha de oração e Deus continuou enviando muitas pessoas preparadas para nos auxiliar na administração da Sua obra, em outubro realizamos o nosso 3º Batismo e também o nosso retiro Maanaim com grande número de participantes, e mais vidas estavam chegando para estar junto da nossa Família wesleyana, durante todo ano percebi alguns membros que tem potencial para colaborar e ajudar no crescimento que infelizmente não conseguiram produzir, mas acreditamos que o ano de 2012 possa ser uma chance de um recomeço nestas vidas, pois a fé sem obras é morta, estamos hoje no final de outubro e a conclusão que chego neste relatório é que:

Em 30 meses à frente desta amada Igreja batizamos 61 pessoas e recebemos 142 membros e mais de 60 visitantes se tornaram congregados, chegando a um total de mais de 250 pessoas que freqüentam a nossa Igreja na sede e congregações.
Outra conclusão é que muitos não valorizaram seus cargos e seu chamado, outros nos surpreenderam realizando grande obras, a Alegria que sinto é ver o bom desempenho num todo da Igreja e a tristeza que me persegue é ver pessoas tão habilidosas e inteligentes que não se esforçam para fazer algo para a Igreja e o Reino de Deus, gostaria que todos contribuísse com a Igreja.


Assembléia da Igreja local realizado dia 30/10/11

Eduardo Santos, pastor titular.


domingo, 27 de novembro de 2011

Desespero na terra.

A humanidade e grande parte da Igreja caminha despercebida e desatenta, vivem sobre a terra como se nada houvesse para acontecer, a final a muitos anos dizem que Jesus voltaria e até hoje não voltou, e será que volta? Possivelmente este é o pensamento de muitos que um dia ouviram falar sobre este assunto.


Voltando no tempo vemos uma história idêntica e parecida com a história da volta de Jesus, nos tempos de Noé Deus o avisou de que destruiria os habitantes da terra, e lhe deu uma ordem para que construísse uma Arca e que ele fizesse entrar pelas portas da Arca a sua família e os animais que seriam preservados da destruição, Deus disse que enviaria um grande dilúvio sobre a terra, algo que era uma novidade já que o normal era uma brisa suave regar a terra, os anos se passaram e Noé se manteve firme nas palavras de Deus, avisando seus filhos e noras sobre o acontecimento, trabalhou anos e mais anos décadas e mais décadas, possivelmente sendo alvo de zombarias, deboche, menosprezo e tantas outras atitudes que fazem parte de uma ação maligna, que tenta a todo custo desanimar aqueles que estão caminhando rumo a Arca, o tempo passou e lembrou Deus de sua promessa feita a Noé, e enviou grande chuva sobre a terra, os ditos amigos e conhecidos de Noé entraram em desespero em ver que a construção da Arca era de fato algo divino.

Os anos se passaram e uma história idêntica está sendo construída, uma Arca espiritual foi construída Jesus é a nossa Arca e Ele mesmo disse que é a porta das ovelhas e aqueles que entrarem por esta porta encontraram pastagem, todos que passarem por esta porta e permanecer dentro da arca estará salvo, a questão é que a porta da Arca ainda está aberta e muitas ovelhas tem saído da arca , a porta se fechará no tempo de Deus e este dia será terrível, será a volta de Cristo para aqueles que se encontram N’Ele.

A volta de Jesus sem sombras de dúvidas será o maior e mais terrível dos acontecimentos que possa existir, será neste momento que muitos entrarão em desespero, um pânico tomará conta da população mundial, já não haverá mais tempo de se arrepender e fugir da grande tribulação que se iniciará sobre a terra, as portas do céu estarão fechadas, e lá dentro somente aqueles que ouviram o senhor bater e chamar (Ap:3.20).

Seria este um dia de grande dor e de lamentação, pois aqueles que ficaram perceberão que parte de seus conhecidos e familiares que aceitaram a Cristo já não fazem mais parte da realidade terrena, como ficará o sentimento e coração daquele que um dia ouviu sobre Jesus? Muitas oportunidades foram dadas e eles continuaram no vale da indecisão, Isaias disse que creu em nossa pregação? Triste será para aqueles que ficarem para trás, quantas vezes tiveram a oportunidade de se reconciliar e aceitar a Jesus e viver a vida com Ele.

Este tempo virá, e não somente a humanidade mas a Igreja tem que estar atenta.

Em Cristo.

Eduardo Santos.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

O silêncio.

Uma das maiores armas e mais eficaz que temos é o silêncio,usada por poucos esta arma anda esquecida.
Um grande exemplo que tivemos foi o silêncio de Jesus quando estava sendo interrogado antes de ser crucificado, o silêncio de Jesus nos garantiu o direito da vida eterna, realmente o silêncio é muito importante em nossa vida, e sempre quando algo grande está para acontecer em nossas vidas somos desafiados a falar... a falar... realmente o homem é contaminado por aquilo que sai da sua boca, precisamos aprender a dominar as nossas emoções e sentimentos, sempre que uma grande vitória se aproxima e estamos prestes a tomar posse, entra em cena o membro mais perigoso que temos.

O silêncio não quer dizer ausência de ação, o silêncio não quer dizer escassez de conhecimento, porém o silêncio oportuno indica o grau de sabedoria que temos, o Silêncio nos projeta, o silêncio nos direciona, o nosso silêncio nos assegura de que não seremos contaminados pelo que sai da boca,o que entra por ela pode até matar a carne, mas o que sai dela pode matar o espírito.

O silêncio é realmente sinal de sabedoria.

Em Cristo

Eduardo Santos.

sábado, 19 de novembro de 2011

O ontem aponta para amanhã.

A nossa decisão hoje, vai nos conduzir ao nosso futuro de amanhã, o nosso amanhã sempre vai depender das decisões de ontem, se forem decisões bem tomadas, bem decididas nos conduzirá a grandes conquistas e em caminhos tranqüilos, porem se forem decisões mal resolvidas ou mal respondidas nos conduzirá a grandes problemas e aflições da qual teremos que enfrentá-las por não terem sido resolvidas ou respondidas bem no passado, temos vários exemplos disto na palavra de Deus, Daniel ao ser levado ao palácio de Nabucodonosor resolveu não se contaminar com os manjares do Rei, acreditando sempre no Maná espiritual que Deus iria lhe proporcionar, e com esta decisão de Daniel nós o conhecemos hoje como o homem que sobreviveu à fornalha de fogo ardente e aos famintos leões que estavam na cova, do mesmo modo se Judas Iscariotes tivesse rejeitado naquele dia as moedas que o tornou para sempre o grande traidor, talvez uma outra historia seria reservado a ele.


Vemos duas vertentes de decisões que mudaram toda uma historia, uma decisão correta muda a nossa historia, muda a historia de que está do nosso lado, o grande problema é: Como responder e resolver corretamente as situações do dia a dia, o primeiro passo ou a primeira decisão seria em chamar alguém para lhe ajudar a decidir as questões, problemas e situações cotidianas, o primeiro passo seria em optar por Jesus, esta é a maior decisão, esta é maior resposta no mundo Espiritual que pode ser dada, após esta resposta e decisão por Jesus, você terá sempre ao seu lado quem pode te orientar a tomar as decisões corretas e te oferecer sempre as melhores soluções para os seus problemas, aceite ou reconcilie com Cristo hoje, não se esqueça a sua decisão de hoje será o futuro que terá que ser encarado amanhã, e encarar os desafios e dificuldades com Jesus é muito mais fácil.

Jesus te espera de braços abertos, que Deus lhe abençoe...”

Pr. Eduardo Santos.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Permaneça

Neste pequeno trecho lido em João 15:4 a 7 a palavra permanecer é citada 8 Vezes por Jesus, Jesus em suas pregações e orientações aos seus discípulos e seguidores usava muito esta palavra permanecer, e esta questão chamou a atenção do meu coração, o porque de Jesus usar tantas vezes a mesma palavra justamente neste momento, então pesquisei os significados desta palavra, e entendi que permanecer é continuar, permanecer é ficar, permanecer é conservar-se, persistir, insistir, durar, estar.


Quando Jesus começou a falar com os seus seguidores a respeito da Videira e os Ramos, faltava ali menos de uma semana para ele ser preso, humilhado, crucificado e morto, então Jesus precisava passar uma instrução impactante para eles, algo que ficasse guardado, algo que eles não esquecesse tão facilmente, e Jesus foi o maior palestrante e orador de todos os tempos, conseguia a atenção de milhares de pessoas sem ter recursos para isso, e quando ele começa a repetir a palavra permanência, esta intenção de Jesus vai alem de uma estratégia de pregação, Jesus ali demonstrava aos discípulos e seus seguidores que o grande segredo de uma vida vitoriosa é está permanente, era necessário insistir e persistir, era necessário permanecer em alguém, e este alguém é o sustento de todas as nossas esperanças, de todos os nossos sonhos, Jesus disse permaneça em mim para que possa produzir.

O simples querer não é o suficiente, ter algumas vezes não adianta, ser simpatizante não resolve, gostar também não vai te ajudar em nada, Jesus deixou claro que é necessário permanecer e descobri que permanecer é nunca sair, nem mesmo por um instante, permanecer é jamais deixar, permanecer é estar sempre, depois que Jesus ressuscitou uma de suas ultimas palavras que está em LUCAS 24:49, Ele diz: “ Permaneceis na cidade até que alto sejais revestidos de poder”

Temos vivido tempos difíceis em que permanecer é algo muito difícil, permanecer hoje está fora de moda, permanecer no trabalho, na escola, permanecer em casa, permanecer na Igreja, permanecer no ministério, hoje em dia nem os casamentos tem permanecido, o mundo tenta sufocar esta permanência e tem apostado num relacionamento frio entre o homem e Deus, Ter Jesus somente por um dia não adianta, ter Jesus por um momento não é o suficiente, ter ele uma vez por semana não resolve, o que adianta e resolve os nossos problemas é a nossa permanência nele, ele foi claro ao dizer: Se vocês permanecer em mim e as minhas palavras permanecer em vós pedirão o que quiser e será atendido. Diante desta palavra de Cristo eu queria lhe fazer uma pergunta nesta noite, você tem permanecido, você tem insistido e persistido ou você tem desistido.


Pastor Eduardo Santos
http://preduardosantos.com.br/

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Relatório do Pastor

Após a decisão do último concílio em Xerém no ano de 2010, de me manter à frente da Igreja Metodista Wesleyana de Itabira, vi uma grande oportunidade que Deus estava me dando para contribuir e realizar alguns projetos como a abertura de novas congregações e aquisição de um veículo próprio que pudesse servir a Igreja.

Iniciamos o ano de 2011 cheios de sonhos e projetos, percebi que muitos membros se prontificaram e se dispuseram a realizar mais para o crescimento da Igreja, em Fevereiro Inauguramos a nossa 2ª Congregação no bairro Eldorado, em seguida realizamos um Retiro de Carnaval e simultaneamente o nosso 1º batismo do ano o retiro entrou para a história com a participação das Igrejas Wesleyanas de Sta. Maria, Palmares BH, Central de Valadares, Bairro de Lourdes Gov. Valadares , com mais de 250 participantes, onde grande parte dos membros trabalharam e se esforçaram para este grande evento, apesar de alguns não terem participado de nenhum dia. Já no mês de março inauguramos a nossa 3ª Congregação no bairro Sta Ruth, e neste período começamos a pedir ao Senhor dono da seara que enviasse mais trabalhadores, pois o nosso sonho era de abrir mais congregações, já no mês de maio inauguramos a nossa 4ª Congregação no Bairro Gabiroba, no meio do ano percebi que nem todos estavam exercendo suas funções e ministérios que lhes foram confiados, ou estavam exercendo de qualquer maneira, dificultando assim a continuidade do andamento de muitos projetos, a verdade é que alguns não deram valor de serem escolhidos por um povo para liderá-los em algum ministério ou departamento, muitas dificuldades encontramos pelo caminho, mas pela misericórdia do Senhor vencemos todas elas, no mês de junho inauguramos a nossa 5ª Congregação do Bairro Praia, realizamos algumas campanhas de oração onde muitos receberam suas vitórias, muitas vidas foram chegando para estar conosco e nos ajudar a concretizar os sonhos de Deus para a nossa Igreja, em junho também realizamos o nosso 2º Batismo do ano,onde 18 pessoas desceram às águas, em agosto compramos a Kombi o nosso primeiro veículo que pudesse servir a Igreja em suas necessidades oferecendo uma logística para o crescimento que estamos vivendo, a Kombi transporta uma média 24 pessoas por domingo, fora o seu uso nas congregações durante a semana, já em setembro realizamos mais uma campanha de oração e Deus continuou enviando muitas pessoas preparadas para nos auxiliar na administração da Sua obra, em outubro realizamos o nosso 3º Batismo e também o nosso retiro Maanaim com grande número de participantes, e mais vidas estavam chegando para estar junto da nossa Família wesleyana, durante todo ano percebi alguns membros que tem potencial para colaborar e ajudar no crescimento que infelizmente não conseguiram produzir, mas acreditamos que o ano de 2012 possa ser uma chance de um recomeço nestas vidas, pois a fé sem obras é morta, estamos hoje no final de outubro e a conclusão que chego neste relatório é que:

Em 30 meses à frente desta amada Igreja batizamos 61 pessoas e recebemos 142 membros e mais de 60 visitantes se tornaram congregados, chegando a um total de mais de 250 pessoas que freqüentam a nossa Igreja na sede e congregações.

Outra conclusão é que muitos não valorizaram seus cargos e seu chamado, outros nos surpreenderam realizando grande obras, a Alegria que sinto é ver o bom desempenho num todo da Igreja e a tristeza que me persegue é ver pessoas tão habilidosas e inteligentes que não se esforçam para fazer algo para a Igreja e o Reino de Deus, gostaria que todos contribuísse com a Igreja.

Assembléia da Igreja local realizado dia 30/10/11

Eduardo Santos, pastor titular.
http://preduardosantos.com.br/

sábado, 29 de outubro de 2011

A Obra Avança.

Salmo 126: 4 a 6

“Ó Senhor, faze com que prosperemos de novo, assim como a chuva enche de novo o leito seco dos rios. Que aqueles que semeiam chorando façam a colheita com alegria! Aqueles que saíram chorando, levando a semente para semear, voltarão cantando, cheios de alegria, trazendo nos braços os feixes da colheita”.

Quando o Senhor nos deu a estratégia de abrirmos mais portas para pregação do Evangelho sabíamos que não seria fácil, precisaríamos de recursos financeiros, pessoas que estivessem disponível e que amasse a obra do Senhor e as almas.

No início recebemos algumas criticas, entendo como normal no processo de crescimento contratempos e adversidades.

O tempo passou e após alguns meses que abrimos as 4 congregações Louvo a Deus pelos resultados alcançados, é bom ouvir do Pb. Mauro dirigente da IMW Eldorado que os cultos estão cheios e a cada dia Deus tem enviado pessoas especiais para estar congregando e que em breve precisaremos comprar mais cadeiras, é bom ver a IMW Praia em pleno crescimento e sob uma visão arrojada de evangelismo sob a direção do Pb. José Egidio temos visto que novas pessoas tem chegado para somar no crescimento da obra, ver a IMW Sta. Ruth recebendo novas pessoas, vendo os primeiros frutos e batizando alguns destes frutos, sob a direção do Pb. Ivair a nossa Igreja no Sta. Ruth tem alçados vôos mais altos, e o que dizer da IMW Gabiroba? Todos os cultos lotados, cheios de visitantes, sob a direção do Pb. Washington e sua esposa que mesmo estando no 7º mês de gestação não tem deixado de estar presente, vejo que realmente a obra do Senhor é viva e que a semente nasce só se for semeada, vejo que estes 4 homens com suas famílias e os cooperadores do Reino estão vivendo o versículo 6 do Salmo 126, Louvo a Deus por esta grande colheita e que nos dê sabedoria para administrar a sua Obra.

Obrigado os queridos amigos, irmãos e Presbíteros que tem se empenhado, o trabalho para o Senhor não é em vão, a recompensa é Grande pois o dono da Obra é Fiel, aos colaboradores do Evangelho que Deus derrame as bênçãos sem medidas.

Parabéns IMW Eldorado – IMW Sta. Ruth – IMW Gabiroba – IMW Praia

Em Cristo

Eduardo Santos,

Pr. IMW Itabira - Central

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Quais são as prioridades na sua vida?

A vida é feita de escolhas. Como tomar as decisões certas? Como fazer as melhores escolhas? Muitas vezes temos que escolher não apenas entre o bem o mal, mas entre o bom e o melhor. Sempre que sacrificamos as coisas importantes, estamos invertendo as prioridades da vida. Precisamos estabelecer prioridades corretas:

Temos que considerar Deus antes das pessoas. Devemos adorar a Deus, amar as pessoas e usar as coisas. Se cultuarmos a nós mesmos, iremos desprezar a Deus, amar as coisas e usar as pessoas. Deus deve ocupar o primeiro lugar na nossa vida, nossa agenda, nossos sonhos. Devemos buscar o Reino de Deus em primeiro lugar em nossas vidas. Se estamos tão ocupados a ponto de não termos tempo para Deus nem para a sua igreja, estamos ocupados demais.
Temos que considerar as pessoas antes das coisas. As pessoas são mais importantes do que coisas. Não podemos sacrificar relacionamentos por causa das coisas. O trabalho é uma coisa boa, ganhar dinheiro para o sustento da família é uma necessidade básica, mas não podemos esquecer ou desprezar o cônjuge e os filhos e sacrificar o relacionamento familiar para ajuntarmos mais bens materiais. A Bíblia afirma que os que querem ficar ricos caem em muitas ciladas e angústias.
Temos que considerar o cônjuge antes dos filhos. Os filhos são herança de Deus, mas não devem ocupar o lugar do cônjuge. Pecamos contra os próprios filhos quando damos mais atenção a eles do que ao cônjuge. O maior bem que podemos fazer aos filhos é amar o cônjuge. Quando os pais vivem em harmonia, amor e fidelidade, os filhos sentem-se seguros e protegidos. A falência do casamento é um desastre na vida emocional e espiritual dos filhos.
E, finalmente, temos que considerar o cônjuge antes de si mesmo. Nosso alvo no casamento não é só satisfazer a nossa própria vontade, mas também agradar o nosso cônjuge. O outro vem antes do eu. Renúncia do eu e investimento no outro é o caminho para a realização da felicidade conjugal. Enfrentamento dos problemas e não a fuga deles é a forma mais sensata de solucionarmos os conflitos conjugais.
Quero lembrar que nossos valores dirigem nossas escolhas e ações. Precisamos estabelecer de forma correta as prioridades em nossas vidas para desfrutarmos da bênção do Senhor. Deus deve ser sempre nossa prioridade absoluta.
Que as bênçãos do Senhor estejam sobre sua vida.

Genilza

sábado, 15 de outubro de 2011

Os Impostores

Após voltarem do Cativeiro babilônico, a primeira preocupação de Israel era reconstruir o altar de Deus, reconstruir o templo (Esdras 4:1). Satanás envia seus mensageiros disfarçados para se aproximarem do povo de Israel, na primeira tentativa de aproximação os impostores dizem que também desejam ajudar os israelitas na reconstrução do templo, e até dizem que também querem adorar o Deus de Israel (Esdras 4:2), cheios de astúcia e de engano os enviados do inimigo por um instante parecem ser da mesma tribo, do mesmo povo, com as mesmas intenções, com os mesmos objetivos, insinuam que adoram o mesmo Deus, e que querem ajudar o povo de Deus, o impostor ele tem um único objetivo; o de afastar os verdadeiros adoradores do Altar e da presença de Deus, ele tem sempre uma boa linguagem e uma boa intenção como vimos nos tópicos acima, aos que estão despercebidos chegam a acreditar que o impostor realmente quer ajudar, e que de fato se preocupa com seu bem estar espiritual, a infiltração do impostor no meio do povo de Deus é um fato mais real do que pensamos, seriamos inocentes achar que o inimigo de nossas almas ficaria quieto diante de nossa decisão de caminha com Jesus, ele (o inimigo) não desiste de levar com ele para o inferno grande parte dos homens e mulheres.

Os israelitas tiveram o discernimento de Deus e impediram i impostor de se ajuntar a eles, e vemos que o primeiro passo do impostor depois de ser rejeitado pelo povo de Israel ele então tira a sua máscara (Esdras 4: 4 a 6), e mostra quem realmente ele é, no seu primeiro contato ele aparentava ser um cooperador, amigo, amável e que sonhava o mesmo sonho dos israelitas.

Assim também acontece em nossas vidas, satanás tem enviado seus impostores para tentar derrubar o Altar de Deus em nossas vidas e profanar o Templo que somos nós, assim como nos tempos Zorobabel e Jesuá ele chega de mansinho quase que imperceptível, mas seu poder de ataque é poderoso, consegue em pouco tempo minar as forças, e roubar a paz, levando pessoas, famílias, e congregações inteiras a morte espiritual, ele não tem pressa, não tem misericórdia, demonstra um falso amor que conquista os desavisados.

Aqueles que mantêm uma relação intima com Deus jamais será confundido.

Em Cristo

Eduardo Santos, Pr

http://preduardosantos.com.br

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

O Ontem aponta para amanhã.

“A nossa decisão hoje, vai nos conduzir ao nosso futuro de amanhã, o nosso amanhã sempre vai depender das decisões de ontem, se forem decisões bem tomadas, bem decididas nos conduzirá a grandes conquistas e em caminhos tranqüilos, porem se forem decisões mal resolvidas ou mal respondidas nos conduzirá a grandes problemas e aflições da qual teremos que enfrentá-las por não terem sido resolvidas ou respondidas bem no passado, temos vários exemplos disto na palavra de Deus, Daniel ao ser levado ao palácio de Nabucodonosor resolveu não se contaminar com os manjares do Rei, acreditando sempre no Maná espiritual que Deus iria lhe proporcionar, e com esta decisão de Daniel nós o conhecemos hoje como o homem que sobreviveu à fornalha de fogo ardente e aos famintos leões que estavam na cova, do mesmo modo se Judas Iscariotes tivesse rejeitado naquele dia as moedas que o tornou para sempre o grande traidor, talvez uma outra historia seria reservado a ele.

Vemos duas vertentes de decisões que mudaram toda uma historia, uma decisão correta muda a nossa historia, muda a historia de que está do nosso lado, o grande problema é: Como responder e resolver corretamente as situações do dia a dia, o primeiro passo ou a primeira decisão seria em chamar alguém para lhe ajudar a decidir as questões, problemas e situações cotidianas, o primeiro passo seria em optar por Jesus, esta é a maior decisão, esta é maior resposta no mundo Espiritual que pode ser dada, após esta resposta e decisão por Jesus, você terá sempre ao seu lado quem pode te orientar a tomar as decisões corretas e te oferecer sempre as melhores soluções para os seus problemas, aceite ou reconcilie com Cristo hoje, não se esqueça a sua decisão de hoje será o futuro que terá que ser encarado amanhã, e encarar os desafios e dificuldades com Jesus é muito mais fácil.

Jesus te espera de braços abertos, que Deus lhe abençoe...”

Pr. Eduardo Santos.

sábado, 1 de outubro de 2011

Não basta conhecer,é necessário permanecer.


Sinto uma profunda tristeza em ver a falta de esforço de muitos cristãos de estar na presença do Senhor, os mesmos são vencidos por pequenas dificuldades, coisas insignificantes diante do sacrifício de Jesus na cruz, quantas barreiras criamos, quantas vezes somos o impedimento do milagre em nossa vida e nossa família, permitimos que a futilidade seja coordenadora de nossas decisões perante o Senhor, tudo se torna dificuldade, tudo se torna em barreira, tudo nos deixa mais distantes de Deus, o que será que se passa no coração de Deus, quando Ele olha os seus filhos parados, estagnados, sem ação e reação? Ele como homem sentiu dores, fome, humilhação, agonia, abandono, e amargura de espírito por nossa causa, e nem nos lembramos disso, e quando uma pequena fração destes sentimentos nos alcançam, paramos, desistimos, olhamos para trás, queremos voltar, abandonar o barco, os grande homens e mulheres de Deus são forjados em meio às dificuldades, como podemos dizer que somos filhos de Deus se as vezes não lutamos pelo Reino do Pai, se qualquer adversidade nos deixa distantes dos propósitos de Deus, o que se passa no coração de Deus, quando Ele olha seus filhos como desertores? Pessoas que foram alvos de grande investimento, Cristo investiu a própria vida em favor da nossa, a palavra diz que virá um tempo em que uma grande fome tomará conta da terra, mas não fome de pão ou de algum alimento, más fome da palavra de Deus, muitos irão buscar, mas não irão encontrar, temos que aproveitar o tempo do banquete, o tempo em que podemos assentar à mesa do Rei, estes dias estão contados segundo Amós,

Eis que vêm os dias, diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor.” Amós 8:11

Como o Senhor olha aqueles que não seguem avante? As palavras dizem que:

1- MAIS IMPORTANTE QUE CONHECER A CRISTO, É PERMANECER NELE

a)- Permanecer em obediência a Ele e sua palavra (Jo14:23).

b)- Tão importante quanto ouvir o “Vinde a mim”, é viver o “permanecei em mim” (Mat. 11:28; João 15:4).

c)- Muitos conhecem a Jesus mas não permanecem n’Ele: Ex. O jovem rico (Marc. 10:17-22).

Ex. Os 70 discípulos... não permaneceram com Jesus ( João 6:60-66).

d)- Muitos que começam bem deixam esfriar o primeiro amor por Jesus (At. 19:18-20). Ex. A igreja de Éfeso (Apoc. 2:1-7).

e)- Mais importante do que crê em Cristo, é permanecer n’Ele como ramo da videira verdadeira fazendo sua vontade. (João 15:5).

f)- Cristo é o autor da nossa salvação, de nossa fé, é a nossa justiça, nossa santificação, nossa sabedoria, nosso único Senhor e salvador, nossa única esperança, permanecer n’Ele é permanecer na vida.

2- PERMANECER EM CRISTO DEFINE OS FRUTOS (V.5,8).

a)- Sem a videira, os ramos não podem produzir nada (v.5). O Cristão vive somente em Cristo e sempre depende da vida do Espírito Santo diariamente. Fora de Cristo não há vida.

b)- Tudo o que a videira possui pertence aos ramos. Tudo o que a videira tem está à disposição dos ramos, toda a sua plenitude, toda a sua riqueza são para você, pois, a videira não vive para si mesma, nem retém nada para si, mas faz tudo apenas para os ramos, para que estes produzam muitos frutos (João 15:5,8; 14:12).

c)- Tudo o que os ramos possuem pertencem à videira. O ramo não existe para si, mas vive para produzir frutos que manifestem a excelência da videira. A única razão da existência do ramo é servir à videira e a razão para viver, a vontade, a gloria, a obra e o reino de Deus, produzindo frutos para a gloria do Seu Santo nome (Jo 15:5,8,16)

d)- Aquele que permanece em Cristo frutifica de maneira generosa. A presença do Espírito da videira faz o permanecedor ser generoso. Ele entende que no reino de Deus quem recebe compartilha naturalmente (Jo 15:5,8; Mat. 5:13-16).

e)- O coração daquele que permanece em Cristo está sempre cheio de amor e compaixão pelas pessoas, por isso, com alegria ele compartilha a mensagem de salvação e assim ganha muitas vidas para a glória de Deus.

3- PERMANECER EM CRISTO DEFINE OS RESULTADOS DA ORAÇÃO (V. 7).

a)- O permanecedor sabe que para ter vitória na vida de oração é preciso viver um relacionamento sem barreiras com Jesus, em comunhão e intimidade com Ele sempre.

b)- Os resultados da oração daquele que permanece em Cristo são ilimitados (V.7). Nosso relacionamento sem barreiras com Jesus é a conexão com a fonte de todo sucesso na vida de oração.

c)- Aquele que permanece em Cristo, na oração derrama o coração diante de Deus e recebe o coração de Deus derramado nele, então, ora segundo a vontade de Deus e é bem sucedido, porque está identificado com Cristo.

d)- Deus derrama o seu coração sobre aquele que permanece n’Ele, e este derrama em palavras o coração de Deus diante do povo, como a própria voz de Deus...

e)- O sucesso da oração depende do quanto permanecemos na videira, porque o sucesso da vida de oração que já estava em Jesus certamente é dado ao que permanece nele.

4- PERMANECER EM CRISTO DEFINE O DESTINO (V6).

a)- Nosso alvo principal da vida é viver um relacionamento sem barreiras com Jesus, permanecendo intimo dele e terminar aprovado (Rom. 16:10).

b)- Mais importante que sair do Egito é não morrer no deserto e entrar em Canaã...

Mais importante do que conhecer a Cristo é permanecer bem nele e entrar no céu... (Luc. 13:23-28).

c)- Mais importante do que conhecer a Bíblia, é obedecer os seus ensinamentos, praticar seus mandamentos, viver os seus princípios, isso define o nosso destino (Mat. 7:21-23; Tiago1:22).

d)-Mais importante do que crê em Deus, é andar com Ele e fazer sua vontade ( Tiago 2:19 ; Mat. 6:9,10).

e)- Aquele que conhece a Cristo e não o segue, seria melhor não ter nascido (II Pedro 2:20-22).

f)- Aquele que permanecer e perseverar até o fim esse será salvo ( Mat. 24:13).

g)- A coroa da vida será dada àqueles que permanecem fiéis até o fim (Apoc. 2:10).e


Permaneça, esta é a única saída para a nossa vida.

Deus abençoe .
Eduardo Santos, pr

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

O Velho e o novo.

Não coloque vinho novo em odres velhos, e não adianta remendar pois irá suportar por pouco tempo.

Esta é uma palavra de Jesus más que vivemos em nossos dias. Vida Nova com costumes e atitudes velhas, na verdade uma conversão parcial não é o suficiente para uma transformação completa, ao aceitarmos esta nova vida temos que abandonar atitudes velhas, aquele que rouba não roube mais, aquele que adulterava, não adultere mais, aquele que se prostituía não prostitua mais. Alguns corajosos tentam viver uma nova vida, mas com atitudes da vida velha, achando ser suficiente querer viver a vida nova em Cristo, querer viver de nada adianta, temos que de fato viver ela, abandonando pensamentos e o “007 satânico” aquele que faz tudo nas caladas da noite, nas caladas da solidão, na ausência de alguns, me lembro de alguém dizendo para onde fugirei se até no mais profundo abismo Tu estás..., e até mesmo outra palavra que diz: “nada há encoberto que não venha ser revelado” ou aquela que diz: “ Onde chega a Luz as trevas tem que sair” e tantas outras que dizem algo parecido, vida nova, atitudes novas, vida nova pensamentos novos, acho no mínimo ridículo aqueles que tentam se esconder dos Olhos D’Aquele que tudo pode ver, a vida velha persegue a vida nova, e quer destruir aquele que se prontifica a viver a Vida Nova com Jesus, como pode alguém querer uma mudança parcial, alguns preferem ser remendados, mas jamais refeitos novamente, preferem dizer ao Oleiro, “ aqui ou ali necessita ser reformado” pode por acaso o barro dar ordem ao Oleiro? Jesus nos chama há uma vida nova sem máscaras, e deixarmos de ser artistas espirituais, talvez esta seja a palavra, “Artista” dançam, cantam, levantam as mãos, juram amor pelo Senhor, conseguem até chorar e depois, depois.... se tornam o que sempre foram Nuvem sem água, e olha que Jesus queria fazer desta nuvem sem água uma fonte de água que regaria muitas terras e vidas secas.

Rejeite o velho, e queira viver a vida nova que Cristo te oferece.

Eduardo Santos, pastor

sábado, 24 de setembro de 2011

A cidade e seus habitantes.

O terraço da minha casa é um lugar muito especial para mim, do terraço tenho o costume de falar com o meu Deus e observo a cidade que dorme durante a noite, o silêncio da sinal de que vai chegar, mas é impedido pelos gigantes das montanhas e das minas, os gigantes carregam consigo a história de um povo, as riquezas que movimentam o mundo estão dentro destes gigantes, o ronco de seus motores são tão possantes que podem ser escutados com muita nitidez à mais de 4 km de distância, do terraço observo o subir e descer dos caminhões gigantes, que carregam também os sonhos daqueles que operam suas forças, a cidade dorme tranqüila, a agitação de uma cidade em crescimento dar lugar a quietude, de longe observo as luzes nas montanhas, é sinal de que os gigantes estão por lá e não dormem, em meio a este sentimento de paz e esperança, percebo que os sonhos de Deus para esta cidade são grandes, posso ver com o olhar da fé Deus mudando o quadro espiritual desta grande cidade que abriga os caminhões gigantes, do terraço observo a névoa chegando e tomando conta de toda a cidade, é deslumbrante esta imagem, uma névoa refresca seus habitantes após um dia em que o sol brilhou mais forte, as horas passam o tempo não volta, o relógio avança e não para, as lágrimas regam os sonhos de Deus, fazem eles estarem ainda mais próximos, a bela cidade descansa e seus moradores desfrutam de uma linda madrugada que foi refrescada por uma suave brisa que se juntou a névoa, vejo as mãos do Senhor sobre este lugar, e sei que o Grande Deus me presenteou ao conhecer a cidade que abriga os gigantes, vigiada dia e noite a cidadela é protegida e guardada como um precioso tesouro, louvo ao Criador por esta cidade, pelos que nela habitam e sei que Aquele que a guarda há de exaltá-la.

Em Cristo


Eduardo Santos, pr

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Confiar em Deus

O profeta Isaías, ao se referir à grandeza de Deus e à confiança que nEle deve ter o homem, diz:

“Os que esperam no Senhor, adquirirão sempre novas forças, tomarão asas como de águia, correrão e não fatigarão, andarão e não desfalecerão.” Isaías 40:31

É muito singular que o Profeta compare os que confiam no Senhor às águias. É que elas têm uma forma toda especial de enfrentar as tempestades. Quando se aproxima uma tempestade as águias abrem suas asas, capazes de voar a uma velocidade de até noventa quilômetros por hora, e enfrentam a tormenta. Elas sabem que acima das nuvens escuras e das descargas elétricas, brilha o sol.

Nessa luta terrível elas podem perder penas, podem se ferir, mas não temem e seguem em frente. Depois, enquanto todo mundo fica às escuras embaixo, elas voam vitoriosas e em paz, lá em cima. Confiança que traduz certeza é o seu lema. Para além da tormenta, brilha o sol, e o sol elas buscam.

Na morte, as águias também dão excelente lição de confiança. Como todos os seres vivos, elas também morrem um dia. Contudo, alguma vez você já se deparou com o cadáver de uma águia? É possível que já tenha visto o de uma galinha, de um cachorro, de um pombo. Quem sabe até de um bicho do mato nessas extensas estradas de reserva ecológica. Mas, com certeza nunca encontrou um cadáver de águia.

Sabe por quê? Porque quando elas sentem que chegou a hora de partir, não se lamentam nem ficam com medo. Localizam o pico de uma montanha inatingível, usam as últimas forças de seu corpo cansado e voam naquela direção. E lá esperam, resignadamente, o momento final. Até para morrer, as águias são extraordinárias.

Quando, por ventura, você se deparar com um momento difícil, em que as crises aparecem gerando outras crises, não admita que o desânimo se aposse das suas energias. Eleve-se acima da tempestade, através da oração. Pense que Deus é o autor e o sustentador de todo o bem. Pequenos dissabores que estejam atingindo você são convites a reexame dos empecilhos que enchem a estrada da sua vida.
Discórdia é problema que está pedindo ação pacificadora. Desarmonias domésticas são exigência de mais serviço aos familiares. Doença é processo de recuperação da verdadeira saúde. Até mesmo a presença da morte não significa outra coisa senão renovação, e mais vida.

Pense nisso:
Sempre que as aflições visitem seu lar em forma de enfermidade ou tristeza, humilhação ou desastre, não se entregue ao desalento.
Recorde que, se você procura pelo socorro de Deus, o socorro de Deus também está procurando alcançar você!
Se a tranqüilidade parece demorar um pouco, persevere na esperança, lembrando que o amparo de Deus está oculto ou vem vindo.


Na Paz e no Amor de Cristo,

Genilza

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Super


Super homens de Deus, será que a intenção de Jesus era criar homens e mulheres que seriam inabaláveis? Inatingíveis? Insuperáveis? Será que Jesus deu super poderes aos seus escolhidos a ponto de não serem alcançados pelas mazelas deste mundo?

Não somos extra terrestres, Jesus não nos ausentou de vivermos as aflições deste mundo, o próprio Cristo viveu, Ele mesmo foi levado ao deserto, foi rejeitado, caluniado, abandonado, difamado, sentimentalmente apedrejado, e tantos outros fatos acompanharam o Mestre, seriamos nós melhor do que Jesus? A resposta é não, não somos mais santos, não somos mais poderosos, não somos tão bom assim a ponto de ser desnecessário passar por tudo que Ele passou, este fato é uma fonte de tristeza para muitos que são seguidores de Jesus, pois descobrem que não são imunes aos acontecimentos desta terra, ao descobrirem que são seres humanos iguais aos demais moradores deste planeta se frustram, pois não entendem que a opção de escolha por Jesus não nos isenta de situações típicas de uma humanidade corrompida. Deus projetou um super homem, humano de carne e osso, 100% homem, desenhado e esquadrinhado pelos projetistas do céu, Sansão foi um desses super homens, mas o que corria na veia de Sansão era sangue, ele tinha o que nós temos e ele era o que nós somos, por mais que Sansão pensasse que super poderes o acompanhavam ele percebeu que a fraqueza humana acompanha a humanidade, parafraseando o Apóstolo Paulo disse: “O bem que quero fazer não faço... porém o mal que não quero este faço...” seria Paulo um super crente, passou fome, naufragou por varias vezes, foi preso , apedrejado, se Paulo era super nem ele mesmo sabia, caluniado assim como Jesus, ferido assim como Jesus, porém combateu o bom combate.

A verdade é que não somos super, não somos pecadores querendo ser santos, somos santos e lutamos contra o pecado, quando ignoramos que somos apenas servos, vemos que não precisa de uma tempestade para afundar o nosso barco, mas uma brisa é suficiente para deixá-lo a deriva.

Não somos super, somos servos.

Deus abençoe.

Eduardo Santos, Pr.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

A adoração falsa



É justamente a falta de uma vida adequada do Seu povo que leva o Senhor a lamentar profundamente e a anunciar o juízo, como lemos no Salmo 50: “Intima os céus lá em cima e a terra, para julgar o seu povo. ‘Congregai os meus santos, os que comigo fizeram aliança por meio de sacrifícios’. Os céus anunciam a sua justiça, porque é o próprio Deus que julga” (vv.4-6).

Deus toma os céus e a terra por testemunhas e lembra ao Seu povo a aliança que firmou com ele, mas vê-se obrigado a acusar Israel, falando em julgamento. É uma acusação contra os rituais exteriores e vazios, ao culto sem conteúdo. Fazendo a aplicação aos nossos dias, Deus lamenta um cristianismo sem Cristo!

“Escuta, povo meu, e eu falarei; ó Israel, e eu testemunharei contra ti. Eu sou Deus, o teu Deus. Não te repreendo pelos teus sacrifícios, nem pelos teus holocaustos continuamente perante mim. De tua casa não aceitarei novilhos, nem bodes, dos teus apriscos. Pois são meus todos os animais do bosque e as alimárias aos milhares sobre as montanhas. Conheço todas as aves dos montes, e são meus todos os animais que pululam no campo. Se eu tivesse fome, não to diria, pois o mundo é meu e quanto nele se contém. Acaso, como eu carne de touros? Ou bebo sangue de cabritos?” (vv.7-13).

Deus volta-se contra a forma de culto apenas exterior, contra uma adoração sem conteúdo bíblico. Hoje, em muitas igrejas a adoração transformou-se em show, em ativismo piedoso sem ligação com o próprio Senhor. Em Israel, na época em que foi escrito o Salmo 50, acontecia o mesmo, e essa realidade está retratada por Isaías em seu lamento: “O Senhor disse: Visto que este povo se aproxima de mim e com a sua boca e com os seus lábios me honra, mas o seu coração está longe de mim, e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, que maquinalmente aprendeu” (Is 29.13).


Adoração verdadeira é uma questão do coração

Em meio a esse formalismo no culto ao Senhor, Ele conclama Seu povo: “Oferece a Deus sacrifícios de ações de graças e cumpre os teus votos para com o Altíssimo” (v.14). Comprometa-se com Deus! Aí, sim, a maravilhosa e conhecida promessa do Salmo 50 repousará sobre os que adoram a Deus: “Invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás”.

FONTE: http://www.chamada.com.br/mensagens/adoracao.html

sábado, 20 de agosto de 2011

Escondido atrás da bagagem.


Samuel chamou todo o povo para uma reunião religiosa em Mispa e disse: – O Senhor, o Deus de Israel, diz: “Eu tirei vocês do Egito e os livrei dos egípcios e de todos os outros povos que os maltratavam. Eu sou o Deus de vocês, o único que os livra de todos os seus problemas e dificuldades, mas hoje vocês me rejeitaram e pediram que eu lhes desse um rei. Muito bem...

Eles o procuraram, porém não puderam achá-lo. Então perguntaram a Deus, o Senhor: – Ainda há mais alguém? – Há, e ele está escondido no meio da bagagem! – respondeu o Senhor.


A bagagem representava a vida de Saul, de seu passado, de todo apetrecho mundano, de todas as coisas que ele carregava consigo, seria Saul uma espécie de crente de nossos dias? Daqueles que se escondem, escondem, e como escondem atrás de suas bagagens de seus apetrechos e atitudes mundanas? Saul bem que tentou não ser visto, mas o Senhor o viu, poderia alguém se esconder do olhar do grande YHWH (Javé), do Grande Eu Sou? A porta é estreita e apertado é o caminho e as malas e bagagens não podem ser levadas e nem usadas como escudo, nem como local de segurança, talvez essa bagagem de Saul fosse um tipo de fardo, mas Jesus disse que trocaria o nosso fardo Mateus 11: 28 a 30. Ali Deus estava dizendo Saul não adianta se esconder, não adianta, não dá pra brincar de pique esconde com Jesus, sempre somos achados por Ele, mas se bem que muitos são corajosos e estão por ai há meses, anos, há décadas neste esconde, esconde. O problema é quando aquele que procura não fazer questão de encontrar esse que só se esconde, se bem que Ele é longânimo.
A Igreja deve lutar contra o pecado não escondendo debaixo dos tapetes toda imundícia que estão nas bagagens e a luta contra o pecado traz conseqüências.

1- A Igreja atrai o olhar de Deus.
2- Ele envia aqueles que vão herdar a salvação
3- Os sinais de Deus são permanentes.
4- Curas e Milagres fazem parte dos cultos.
5- Os membros passam a ser mais dedicados.
6- Conversões verdadeiras
7- Crescimento constante.
8- O inimigo foge da vida dos servos de Deus.
9- O ambiente se torna saudável.
10- Poder e autoridade acompanham esta Igreja

Jesus nos chama a sair de detrás das bagagens desta vida


Att,

Pastor Eduardo Santos, colaborador do Evangelho.

sábado, 13 de agosto de 2011

A volta de Jesus. (Atos 1:11)



E lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir.

A Igreja do Senhor Jesus aguarda o seu “Arrebatamento” que quer dizer arrancado com de com força, tirada, raptada, etc. Será num piscar de olhos, o maior acontecimento miraculoso já presenciado na terra está prestes a acontecer e o que vemos são uma enxurrada de mensagens de triunfalismo, prosperidade, auto ajuda, e tantos outros temas, incluindo no maior veículo de comunicação a TV,  não vemos e nem ouvimos mensagens que falam da volta de Jesus, pois este tipo de mensagem não dá muito ibope, e o “fogo” não desce, é difícil de ouvir um Glória, um Aleluia, a satisfação pessoal do pregador em muitas vezes está acima da vontade de Deus, enquanto estamos querendo triunfar sobre nossos problemas e adversidades esquecemos que Jesus está às portas.

Israel, este pais pequenino de aparente insignificância não sai das primeiras paginas dos jornais, desde seu novo nascimento em 1948 Israel tem surpreendido as demais nações do mundo, a interminável guerra com os palestinos e países árabes demonstram que esta novela só vai terminar num cenário chamado “Armageddon” e terá no seu capítulo final a presença do Rei dos Reis (Jesus), para livrar Israel e dar início ao milênio.

Alguns fatos, da volta de Jesus.

A Igreja do Senhor não atravessará o período da tribulação, ela será arrebatada e levada pelo “Noivo” na casa do Pai, quando se cumprir (Atos 1:11) alguns fatos acontecerão os mortos (que morreram em Cristo) ressuscitarão primeiro, em seguida os que estiverem vivos serão transformados num piscar de olhos, e se encontrarão com Jesus nos ares, na terra se dará início a última semana de anos que disse o profeta Daniel, Dn 9.24-27 referente ao início da tribulação, o falso messias se levantará (ele tem que ser um judeu) amparado pelo império das trevas, enquanto isso lá no céu, seremos condecorados segundo as nossas obras, o galardão de que tanto se fala, isso acontecerá no tribunal de Cristo (2 Cor. 5:10). Após esta grande festa no tribunal de Cristo, Jesus nos levará para um momento muito especial “As Bodas do Cordeiro” (Ap. 19: 1 a 10) lá o noivo apresentará a noiva ao Pai.

Enquanto isso para quem ainda estiver vivo na terra, os primeiros 3 anos e meio serão de paz, de tratados amigáveis, o anticristo atrairá a atenção de muitos, após a metade de uma semana de anos (7 anos) o anticristo romperá o tratado e começará neste período uma grande perseguição contra os cristãos, as duas testemunhas (possivelmente Elias e Moises) serão enviados para ainda tentar converter alguns, a conversão será em menor escala devido a ausência do Espírito Santo (que estará nos acontecimentos celestiais tribunal e bodas).

No final dos 7 anos as nações entenderão que Israel é o problema do mundo, e se ajuntarão numa grande ofensiva militar com suas potentes armas bélicas (no vale do Armageddon) então Israel clamará pelo Messias e Ele junto com os que estavam nas bodas (os que foram arrebatados) voltarão a terra, para salvar Israel e dar início ao governo milenar.

Em Cristo.

Eduardo Santos, pr

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Grande culto distrital em Manhuaçu – MG.





No último dia 23 de Julho estivemos na cidade de Manhuaçu para o 2º Encontro Distrital, estiveram reunidos os pastores das Igrejas de Ipatinga, Manhumirim, Morro do Pilar, Itabira, Martins Soares, Manhuaçu e algumas caravanas se fizeram presentes, foi um culto muito abençoado com a participação de vários ministérios de louvor e ainda algumas apresentações como “As Marcelas” e outros grupos que também apresentaram, fui convidado pelo Superintendente Distrital para ministrar a palavra, e Deus falou profundamente ao nosso coração, foi um culto inesquecível no momento do apelo, várias pessoas atenderam o chamado do Senhor e foram à frente para receber as bênçãos de Deus, fomos realmente impactados pelo mover de Deus e também pela recepção dos amados irmão de Manhuaçu, louvo a Deus pela oportunidade de ter estado presente nesta grande festa.

Em Cristo.

Pr. Eduardo Santos

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

IMW Itabira e Sta. Maria de Itabira

Visita a IMW de S. Maria de Itabira


Celia e eu, após uma viagem corrida - de Luminárias a Belo Horizonte - rumamos para a cidade de S. Maria de Itabira (como o seu próprio nome parece indicar, ela vive sob a sombra da poderosa economia da cidade de Itabira; da qual dista poucos quilômetros). Na verdade, a nossa Igreja iniciou suas atividades nesta cidade, onde permaneceu durante alguns anos; representada em um pequeno trabalho, pelo qual passaram alguns pastores wesleyanos; tendo sido fechada na gestão do Pastor Geraldo Natalino, que transferiu o trabalho para a cidade de Itabira.

Sob o pastorado do Pastor Eduardo; o mesmo resolveu reabrir aquele trabalho, trazendo de Cataguases o Presbítero Gerley para assumi-lo. Este obreiro tem se dedicado de corpo e alma a esta missão, colhendo frutos importantes para o estabelecimento da igreja nesta pequena cidade. Celia e eu, acompanhados do Pastor Eduardo e Anna Paula, sua esposa, saímos para o culto em S Maria de Itabira.

Ao chegarmos para o culto, prestes a iniciar-se, encontramos o Aspirante Gerley e sua esposa Kátia a nossa espera (Kátia está feliz da vida em sua gravidez). O culto foi iniciado pelo Ministério de Louvor, sob a direção do irmão Alex. Deus se fez presente em todos os momentos do culto - tanto durante a ministração do louvor como durante a pregação da Palavra. Ao final, a igreja nos homenageou; e também prestou uma comovente homenagem ao seu líder, que o levou às lágrimas.

Ao final do culto, tivemos a oportunidade de abraçar os irmãos; antes de retornarmos para a casa do Pastor Eduardo, em Itabira, onde estávamos hospedados. Senti grande alegria em poder reencontrar as Diaconisas Adriane e Neuza - esta última, pioneira deste trabalho. Em seguida, retornamos a Itabira; com aquela sensação de prazer, por poder ver o ressurgimento da igreja - em uma cidade onde a mesma havia encerrado suas atividades. Glória a Deus!

Visita a IMW de Itabira

Após uma noite bem dormida, o Pastor Eduardo me conduziu em uma visita à Escola Dominical das quatro congregações que a igreja de Itabira mantém na cidade. Nossa primeira visita foi à Congregação do Bairro Eldorado, sob a direção do Presbítero Mauro e sua esposa Gláucia. Após uma breve palavra, rumamos para a Congregação do Bairro Praia, sob a direção do Presbítero Wilton e sua esposa Elecsandra. Dali, fomos para a Congregação do Bairro Gabiroba, sob a direção do Presbítero Washington e sua esposa Jeane. Em seguida, chegamos à Congregação do Bairro S. Ruth, sob a direção do Presbítero Ivair e sua esposa Suelly. Finalmente, fomos para a Sede em Itabira, onde ainda encontramos alguns irmãos, onde o Pastor Eduardo nos mostrou algumas obras para melhor atendimento ao povo que ali se reune. Realmente, foi um roteiro que muito me edificou.

Após a visita aos trabalhos, o Pastor Eduardo e Anna Paula, nos levaram a um restaurante, para almoçarmos. Logo após o almoço, Retornamos a casa, para descansarmos; pois, o culto em Itabira prometia ser de intenso mover. Antes do descanso, ainda fizemos visitas.

Finalmente, fomos para o culto. O Ministério de Louvor deu abertura, em um clima de muita alegria e emoção. Os cânticos foram nos conduzindo em adoração crescente. O ponto culminante do entoar dos louvores, foi com o cântico de Marquinhos Mendes, cujo estribilho declara:

"Não morrerei, enquanto a promessa não se cumprir. Quem tem promessa de Deus não morre não; e tem a fé, a fé de Abraão! Levante os seus olhos e veja o sobrenatural! Quem tem promessa de Deus, vence o mal".

Foi um momento de forte impacto espiritual! Preguei sob forte unção. Também cantei no momento do apelo. Oramos por diversas pessoas (o salão de cultos estava repleto). Sinto profunda gratidão a Deus, por ter-me inspirado a enviar para aquela cidade o Pastor Eduardo e sua família. Sempre entendi que uma nomeação precisa ser, antes de tudo, fruto de um ato profético; e não somente de um ato administrativo.

Ao final do culto, fomos tomar caldo (estava fazendo frio em Itabira). Logo em seguida, fomos descansar; pois, teríamos que viajar de manhã, para Ipatinga. Logo após o delicioso e farto café da manhã, que Anna Paula preparou com tanto carinho, saímos para mais uma etapa do nosso "giro". Foi de grande proveito as visitas que fizemos. Até a próxima!

Cordialmente;

Bispo Calegari
fonte:  http://www.bispocalegari.blogspot.com/

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Igreja do Céu x Igreja da terra.

Dois tipos de Igrejas tem crescido de forma diferenciada, a Igreja do Céu e a Igreja da Terra são dois tipos de Igrejas bem distintas uma da outra, a Igreja do Céu tem por princípio anunciar a eternidade, a salvação, a morada celestial e todos os acontecimentos que aguardam os escolhidos em uma outra dimensão.

A Igreja da Terra tem por principio anunciar as coisas e questões terrenas, como o materialismo e sucesso pessoal, e conquistas terrenas.
Uma prega o invisível a outra o palpável. Uma ensina sobre a Volta de Cristo a outra sobre a volta dos recursos. Uma prega contra pecado a outra prega contra a pobreza, Uma ensina a andarmos no caminho a outra nos mostra várias oportunidades.
Difícil é para os que ainda não decidiram por Jesus, escolher uma delas. Seria uma escolha injusta? O visível ou o invisível? A terra que vivo ou um lugar que morarei? Jesus disse que não somos desta terra, somos peregrinos por aqui, a Igreja esta aqui somente para uma missão, anunciar um Reino que não é desta terra, a Igreja não está aqui na para anunciar os reinos da terra, alguns investem todos seus recursos em busca de felicidade no reino terreno, sendo que bastaria investir todo o coração no Reino de Deus, para não somente receber nesta terra, mas também nos pós vir o Reino celestial (Marcos 10. 28 a 30).
Às vezes me pego a pensar se meu alvo é ser bem sucedido é necessário estudar, ter um bom trabalho, me esforçar, mas louvo a Deus que meu alvo não é nesta terra e sim na terra que sou cidadão dela, a terra celestial que Jesus foi preparar para mim, o mais incrível e o número de pessoas que vão as Igrejas exclusivamente para ouvir coisas desta terra. E se esquece que um dia esta terra passará, e ai? Serão crentes sem terra? João 14 Jesus disse: Eu voltarei e buscarei vocês para estar sempre comigo, Aleluias, e muitos preferem ainda focar esta terra e seus deleites.
Jesus com certeza irá nos recompensar quando nosso coração estiver N’Ele, primeiro o Reino de Deus e as demais coisas, vos serão acrescentadas.


Eduardo Santos, pastor

terça-feira, 26 de julho de 2011

Você tem dificuldades de ir na Igreja?


Visita de um Pastor palestino em Juiz de Fora MG

Na Igreja de meu amigo Rodrigo, ele relatou...

.... ele (o Pastor) virou pra igreja e disse:
Wasalamo Errabe Yassuh Maákom (Que a paz do Senhor Jesus esteja convosco)
"eu não entendo porque vocês precisam de tantas roupas, sapatos e carros, de templos tão grandes e luxuosos"
"lá (Palestina) nós fazemos cultos em cavernas, para não sermos mortos, e os cultos são todos os dias, da meia noite às seis da manhã"
"um dia estávamos orando e um míssil, daqueles enormes, caiu bem no meio da caverna, e ficou fincado no chão, no meio da igreja, e não explodiu"
"outro dia estávamos reunidos em um local escondido, e pessoas descobriram, vieram e lançaram quatro granadas.... nenhuma delas explodiu"
"um dia fui preso, me amarraram de ponta cabeça, amarraram na minha cabeça num saco cheio de baratas e ratos, e eu tive que morder os ratos e matá-los com minha boca, senão eles entravam na minha boca e me matavam, me chicoteavam muito, e zombavam de Jesus, de repente ouvi uma explosão muito forte, cai no chão desamarrado e solto, mas olhei em volta e todos os soldados, ao todo 18, estavam mortos..."
"... e um ainda se arrastava, só pela metade do corpo, sem as pernas, e fugia de mim.... eu fui lá e disse pra ele não fugir, antes aceitar a Jesus como Salvador..."
"os pais de um garoto foram mortos pela milícia, e ele foi lançado nas ruas.... para o povo, um órfão não é digno nem de viver, então ele foi espancado até quase a morte, foi estuprado e urinaram nele, encontrei ele pelas ruas, o acolhi, dei banho e alimento, falei do amor de Jesus pra ele e ele o aceitou, como seu Salvador pessoal.... "
"... ele começou a me chamar de pai, e me ajudava muito... tinha 12 anos.... levei cesta básica para sua família, mas rejeitaram o evangelho... ele chorava muito... mas sempre pregava pra ele o amor de Deus... um dia, quando ele estava separando alimentos para me ajudar a entregar cestas básicas, um míssil caiu sobre ele... ele morreu com Jesus..."
"meus amados irmãos, a melhor oferta que vocês podem me dar é a sua oração, em nome de Jesus Cristo, eu não preciso de dinheiro e não quero seu dinheiro, quero que orem por mim, pois não agüento outra prisão e outra tortura, meu ossos estão quebrados dentro de mim e estou avançado em idade..."

Isso é Evangelho! isso é paixão! o pessoal chama ele de apóstolo Paulo do século XXI

...Ele era um terrorista muçulmano, matava pessoas e ensinava pessoas a morrerem por Alá... até que um dia ele encontrou Jesus...

Quando fui lendo estes relatos, meus olhos lacrimejavam e meu coração mais uma vez bateu de uma forma diferente, pois vemos tantos que tem a oportunidade de ir, adorar livremente, mas o descaso e falta de esforço os deixam cada vez mais longe.

A Bíblia nos adverte de que virão dias em que haverá "fome sobre a Terra, não de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor". Amós 8:11. ...

O nome deste Pastor não podemos mencionar, pois é perseguido.

Em Cristo.

Pastor Eduardo Santos

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Mais uma vitória.

Esta semana que passou foi mais uma semana de grandes vitórias, dentre tantas quero destacar aqui a aquisição de nosso primeiro veículo para nos ajudar na lojística do crescimento de nossa igreja, temos 4 congregações novas,onde precisam de todo o apoio da central para consolidar o trabalho, e este foi um dos motivos que nos fez sonhar mais alto e compramos a nossa Kombi, que vai levar e trazer pessoas que amam a obra do Senhor, inclusive já colocamos o nome nela "KOMBISSIONÁRIA" louvamos a Deus por esta conquista e por este projeto, estamos "Nos Passos do Crescimento"

Obrigado por ter acreditado.

Em Cristo

Pastor Eduardo Santos

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Quem você é?

Ao olhar a imensa escuridão do céu durante a noite, percebemos alguns pontos luminosos que abrilhantam e transformam o tenebroso em algo fascinante e belo, poderíamos ficar horas e mais horas olhando para o céu observando a sua grandeza e sua perfeita organização, as vezes me pego imaginando na cena de Deus mostrando a Abraão as estrelas e nela a tipologia de sua descendência, apesar de conhecer muito pouco ou quase nada sobre estrela e astronomia, hoje consigo entender um pouco melhor este fato, Deus mostrou Abraão o céu, os pontos luminosos que chamamos estrelas encheram Abraão de alegria e de esperança, ao ver tantos pontos luminosos o coração de Abraão se encheu de motivação e creio que o sorriso tomou conta naquele momento, Abraão jamais poderia pensar que sua descendência seria tão numerosa, porém algo estava oculto aos olhos de Abraão, os pontos luminosos que ele viu muitos deles são simplesmente um reflexo de algo que já não existia mais, outros pontos brilhavam com o reflexo da luz de uma verdadeira estrela, pois não possuem luz própria. Algo me chama atenção nestes fatos e percebo e me deslumbro com a grande sabedoria de Deus, hoje após milhares de anos ainda olhamos para o céu observando o brilho dos pontinhos luminosos, como esta cena parece com nossos dias, algumas estrelas que vemos hoje, já deixaram de existir a milhares, bilhares de anos, porém por causa da distância sua luz ainda está viajando pelo universo, por isso conseguimos ver algo que não existe mais, quantos cristãos estão como estas estrelas, são reflexo de uma intimidade com Deus no passado e que não existe mais, já não conseguem mover uma palha em favor do Reino de Deus, já não existe a luz de Cristo, o reflexo que brilha é de uma luz que passou, de uma experiência do passado, de um grande momento que viveu, de outro modo vemos as estrelas mortas, ou planetas que não possuem luz própria, depende da luz de uma estrela verdadeira para poder brilhar, a lua, terra, marte, e os diversos planetas brilham por causa da luz do sol, pois em si não produzem luz, assim também quantos tem caminhado sem ser luz, quantas estrelas já se apagaram, nunca estão disponíveis, jamais dividem seu tempo com aquele que é dono do tempo, robóticos, ritualistas, religiosos, não conseguem reagir, outras estrelas chegam perto, tentam iluminar, tentam doar um pouco da sua luz, mas é indiferente, preferem ser estrelas sem vida, sem luz, não conseguem influenciar ninguém a seguir a luz verdadeira, pois é notório a falta de luz em sua vida.
Ao olharmos para o céu conseguimos observar uma espécie  de nuvem de estrelas chamada de nebulosas pela ciência, ali estão misturados todos os tipos de corpos celestes, as estrelas vivas que produzem luz, as estrelas que já morreram que não produzem mais luz, e os planetas que não possui luz mas são iluminados pelas estrelas que conseguem produzir, de longe não conseguimos identificar elas, pois todas aparentemente brilham pois estão juntas, enquanto olhamos de longe ficamos deslumbrados com o brilho daquilo que não brilha, da luz que não ilumina do reflexo do vazio.
Este Deus é tremendo numa simples mensão das estrelas mostrou quem seria a humanidade.
Ao olhar o céu temos a esperança de que todos os pontos luminosos sejam realmente estrelas, mas infelizmente não são.


Em Cristo.

Eduardo Santos, pastor

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Amigos? Será que eles ainda existem?

Quando passeamos pelas belas histórias da Bíblia percebemos que nos mais diversos tempos e situações homens escolhiam seus grandes amigos, aquele que os acompanhava independentemente de sua posição, status, condições e influência, o amigo não observa detalhes tão irrelevantes como estes citados, durante nossa vida conhecemos muitas pessoas que se intitulam nossos amigos, e com o passar do tempo e com a chegada das adversidades ai sim sabemos quem são os tais, ao descrever a história Bíblica vemos que Enoque era um grande amigo de Deus que o próprio Deus o levou para si, no desenrolar das mais belas histórias de amizade observamos Davi e sua aproximidade de Jonatas, alianças, votos e ajuda mutua foram os sinais desta grande amizade, alguém um dia disse que existe amigos mais chegados que irmãos, talvez seria esta a frase que descrevia perfeitamente a amizade verdadeira entre Davi e Jonatas, é linda as histórias de homens comuns como Elias e seu fiel amigo Elizeu, e caminhando mais um pouco chegamos ao Novo Testamento, onde Jesus chama seus amigos mais próximos Pedro, João e Thiago e os conduz há um certo lugar e ali manifesta a sua Glória no monte da Transfiguração, amigos são aqueles que motivam, que ajudam que lutam e que estão presentes em nossas vidas, saindo do monte da transfiguração chegamos à ilha de Patmos e vemos o Apóstolo João sozinho, prisioneiro por causa do amor e do Evangelho de Jesus mas vemos que o grande amigo de João chega para consolar e mostrar que todo aquele sofrimento iria passar, o amigo verdadeiro é aquele que nos mostra o caminho da Salvação, Jesus levou João a passear pelo futuro, trazendo esperança e alegria ao seu coração, como é interessante ver estes poucos exemplos que são suficientes para entendermos o valor de um amigo, não poderia me esquecer de Jó e sua oração pelos seus amigos e quando todos acharam que quem iria receber algo era seus amigos, vemos ali (Jó 42:10) uma história sendo mudada, o cativeiro de Jó terminava ali, quando ele orava pelos seus amigos. Quem são os nossos amigos? Vamos valorizar os verdadeiros amigos, pois isto é agradável aos olhos de Deus.


Em Cristo

Eduardo Santos

domingo, 17 de julho de 2011

A evidência.

Na trajetória de nossa vida nos deparamos com as mais variadas situações de uma vida, encontramos com pessoas de bem, pessoas boas, e algumas que levam consigo a evidência de Cristo em suas vidas, vemos isso em vários fatos narrados pelos escritores do rolo Santo, homens e mulheres que carregam em suas vidas as marcas de um cristianismo verdadeiro, não de um simples simpatizante de Jesus e de seus feitos maravilhosos, mas que assimilaram o conceito de que a evidência de Jesus em nossas vidas é pelo menos realizar alguns feitos que o mestre realizou, não me refiro aos milagres apesar de sermos agentes deles, sendo que o próprio Cristo disse que faríamos sinais maiores parecido com os que Ele realizou, mas me refiro há uma evidência mínima de Cristo em nossas vidas, simpatia, acessibilidade, humildade, dentre várias outras evidências, poderíamos citar tantos outros fatos, no tocante a presença de Jesus em nossas vidas, porém em oposição a estas evidências vemos pessoas arrogantes, desleais, aproveitadoras, amantes de si mesma, provocadores, caluniadores, semeadores das sementinhas do inferno, que conseguem em plena boa consciência causar tantos males as vidas de outros, sem que isso lhe traga algum juízo do que fez e do poderia acontecer com o próximo, causam tantas desgraças e ainda consegue deitar e dormir o sono da inocência, são infelizes amantes das desgraças alheias, o fim do temor é o fim da sabedoria, alguns é bom estarmos longe deles, pois conseguem sepultar os que ainda estão vivos.
Mas Jesus nos chamou para sermos semelhantes a Ele, semear a paz, apaziguadores,  a evidência de que Cristo habita em mim, são os frutos que consigo produzir, não me refiro a obra física, mas a obra espiritual do Reino de Deus, no caminhar pela estrada do cristianismo encontramos várias pessoas que se intitulam seguir Cristo mas não carregam consigo nenhuma evidência, não conseguem convencer nem ela mesma.

Em Cristo.

Eduardo Santos, pr